Conecte-se Conosco

Negócios

Dono da Silicon Minds, Roberto Castello Branco se consolida no ramo de reputação online

Publicado

em

Há 35 anos criando e desenvolvendo campanhas para grandes empresas sediadas no Brasil e cuidando da reputação online de corporações e personalidades, Roberto Castello Branco possui uma relevante trajetória no marketing.

Não à toa, o marketeiro acumula uma carteira impactante de clientes em sua jornada, que incluem as gigantes Coca-Cola, Bob’s, LOreal, Shell, Souza Cruz, Johnson & Johnson, além de empresas do ramo do cinema, entre outras, uma pequena amostra das corporações que conquistou ao longo anos.

Para construir essa história de sucesso, Castello Branco precisou se dedicar fortemente ao trabalho e ao estudo de alguns conceitos importantes para a sua área, como, por exemplo, o marketing promocional.

Devido ao que o empresário chama de um “cansaço cívico do Brasil”, pela falta de segurança e outras questões, e movido por uma vontade de conhecer mercados diferentes, ele então se muda para Miami, nos Estados Unidos, onde comanda uma equipe diversificada, que envolve pessoas de seis nacionalidades diferentes, o que gera múltiplos resultados.Sobre o sucesso da empresa, Roberto revela que o seu segredo é manter uma  “visão criativa com resultados e marketing de alta qualidade”.

Além disso, o marketeiro agrega a esse segredo muito talento, ousadia e investimentos que o levaram a consolidar sua marca na América Latina. Com sua inquietação em ir mais além, Castello Branco inclui em seu currículo a realização de diversos eventos, feiras e congressos corporativos.

Se utilizando da estratégia mais antiga no universo corporativo, a “boca a boca”, Castello Branco ficou conhecido e se consolidou no ramo da proteção de reputação online, o que fez com que a Silicon Minds surgisse.

Baseada nos três pilares “segurança, sigilo e proteção”, a empresa, sediada nos EUA, trabalha com a construção da melhor reputação online possível para os seus clientes e, com alcance de 100% de sucesso, possui uma equipe de colaboradores altamente capacitada e utiliza tecnologia de ponta para blindar efeitos negativos gerados pela internet na imagem de pessoas físicas e jurídicas.

A Silicon Minds atua com o afastamento de links negativos, garantia da relevância de assuntos positivos e blindagem digital de assuntos negativos futuros  dos seus mais de 280 clientes já alcançados, com mais de 535 projetos desenvolvidos.

O interessante é que, apesar de estar presente nos Estados Unidos, 60% do público da Silicon Minds é brasileiro, o que comprova a “tropicalização” dos valores cobrados pela empresa, como explica o empresário.

Questões nocivas, como fake news, ataques de ódio, concorrentes, consumidores desleais, acusações infundadas, material audiovisual desabonadores, acontecimentos negativos do passado, escândalos de cunho pessoal e profissional são cuidadas pela empresa, que monitora diariamente esses fatores para garantir 100% de proteção.

Roberto explica, em entrevista, que mais de 80% das empresas e personalidades monitoradas pela Silicon Minds decidem prolongar seus contratos. Esse resultado positivo só é possível, no entanto, com estratégia e tempo, e, por esse motivo, geralmente os contratos têm duração de 12 meses.

O empresário alerta, ainda, que a presença negativa no meio digital influencia de forma direta nos resultados dos negócios de profissionais de diversas áreas, como médicos, advogados, influenciadores, celebridades, esportistas, bilionários e pessoas jurídicas, público que geralmente busca os serviços da empresa.Em 2022, a grande novidade que a Silicon Minds traz é a implementação de uma tecnologia que visa combater o ataque de hackers, que utilizam o vírus ransomware para roubar dados confidenciais de grandes corporações, com objetivo de “cobrar resgate” pela devolução destes aos seus donos.

O dono da Silicon evidencia que esse tipo de atividade criminosa atinge aproximadamente 90% das empresas do Brasil, apesar desses números não serem abertamente divulgados, e que ela já é considerada como o possível motim de uma terceira guerra mundial, que, desta vez, seria digital.“

Não negociamos com hackers”, avisa o empresário, que conta utilizar em sua empresa uma tecnologia especializada em resgatar essas informações criptografadas pelos hackers, para que estas voltem a ser confidenciais novamente.

Além do trabalho gigante que Castello Branco desenvolve no marketing, e com todas as novidades constantes no seu negócio, o marketeiro encontra espaço para se dedicar às causas sociais.Uma delas é o SOS EB Kids, projeto que cuida de crianças com Epidermólise Bolhosa, uma doença rara que gera a formação de bolhas na pele proveniente de atritos ou traumas mínimos, ação esta que Roberto faz questão de divulgar.

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Negócios

Consumidor pode exigir dinheiro de volta em atrasos de entregas

Publicado

em

Saiba quais são os direitos do cliente quando os prazos são extrapolados

As compras online se tornaram realidade permanente e foram intensificadas depois do início da pandemia da Covid-19. O setor tecnológico se desenvolveu para atender às demandas remotas e os pedidos feitos pela internet superam até mesmo o consumo em shoppings centers do Brasil, como indica estudo realizado pela gestora Canuma Capital – o e-commerce faturou R$ 260 bilhões no ano passado, frente a R$ 175 bilhões dos shoppings.

Com esse cenário, um problema antigo tomou força e assombra o cotidiano de clientes: o atraso nos prazos de entrega das encomendas. Advogado e coordenador do curso de Direito da Unic, Ilson Sanches alerta que, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, a não entrega de um produto dentro do prazo é qualificada como descumprimento de oferta, sujeito à indenização. “A garantia é estabelecida nos casos em que o cliente não recebe sua mercadoria dentro do prazo estipulado. Caso não tenha o dano solucionado em comum acordo com o prestador de serviço ou produto, pode desistir da compra e ser restituído integralmente do valor já pago, incluindo o frete, e possíveis danos decorrentes da demora”, explica o advogado.

A logística para o processo de envio é dividida em quatro etapas: a separação da mercadoria, que acontece logo após a confirmação de pagamento, a coleta feita pela transportadora para despacho, a roteirização para definir qual é a rota mais rápida e, por último, o transporte até o centro de distribuição, que irá levar a compra até destinatário. Caso haja intercorrências em alguns desses intervalos, é possível que o consumidor tenha que esperar mais tempo para receber sua compra.

O Código de Defesa do Consumidor considera que os atrasos são uma ilegalidade na transação entre a empresa e o comprador, que pode abrir reclamação por meio do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) para sanar o problema ou solicitar reembolso integral. “A comunicação deve ser a primeira opção no comum acordo com o vendedor. Num segundo momento, o consumidor pode fazer uma denúncia nos órgãos responsáveis”, orienta Sanches.

É possível formalizar a ocorrência no Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), que pode ser acionado de forma online. Caso o trâmite seja qualificado nos direitos de perdas e danos, por conta da frustração criada pela loja virtual, o cliente deve recorrer ao Juizado Especial Cível (JEC), também conhecido como Juizado de Pequenas Causas. “Além da documentação comprovando a origem da compra, o consumidor deve comprovar os acontecimentos e garantir indenização.

A orientação de um advogado pode auxiliar na indicação dos passos que devem ser seguidos para obter o retorno de forma ágil, mediante a lei”, finaliza.

UNIC  
Fundada em 1988, a Unic foi a primeira instituição privada de ensino superior em Mato Grosso e é uma das universidades mais conhecidas e tradicionais da região, tendo formado milhares de alunos nos cursos presenciais e à distância. Com unidades em várias cidades do estado e representatividade em diversos campos de atuação, a instituição oferece cursos de extensão, graduação, pós-graduação lato sensu, além de programas de mestrado e de doutorado.  De portas abertas para a comunidade, a instituição presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Unic oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais.  Em 2010, a Unic passou a integrar a Kroton. Para mais informações, acesse o site. 


KROTON
A Kroton nasceu com a missão de transformar a vida das pessoas por meio da educação, compartilhando o conhecimento que forma cidadãos e gera oportunidades no mercado de trabalho. Parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira de capital aberto dentre as principais organizações educacionais do mundo, a Kroton leva educação de qualidade a mais de 1 milhão de estudantes do ensino superior em todo o País. Presente em 1.672 municípios, a instituição conta com 124 unidades próprias, sob as marcas Anhanguera, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar e é, há mais de 20 anos, pioneira no ensino à distância no Brasil. A Kroton possui a maior operação de polos de EAD no país, com 2.517 unidades, e oferece no ambiente digital 100% dos cursos existentes na modalidade presencial. Com a transmissão de mais de 1.000 horas de aulas a cada mês em ambientes virtuais, a Kroton trabalha para oferecer sempre a melhor experiência aos alunos, apoiando sua jornada de formação profissional para que possam alcançar seus objetivos e sonhos. Para mais informações acesse: www.kroton.com.br

Continue lendo

Negócios

Considerado um dos maiores especialistas no empreendedorismo brasileiro Rafael Duarte revela curiosidades do blockchain

Publicado

em

O uso da tecnologia blockchain no contexto do empreendedorismo digital, especialmente por ser uma tecnologia de distribuição de informações descentralizada e transparente, tem o potencial para ser um forte impulsionador de inovação e segurança nos negócios, ajudando empreendimentos de todos os tipos e portes.

Segundo o empreendedor e entusiasta da tecnologia blockchain, Rafael Duarte, esta é uma tecnologia com potencial para revolucionar todas as indústrias. “Hoje, infelizmente, a blockchain acaba ficando muito restrita ao mercado de moedas digitais e criptoativos. Seriam de esperar fortes investimentos na sua adoção e evidentes sinais da sua presença, o que para além da moeda digital não tem acontecido. A blockchain pode ser usada para reinventar quase todos os tipos de transações, em indústrias tais como a financeira, distribuição, governo e saúde, entre outras”.

Na era digital, onde agilidade, transparência e segurança são características mais do que desejáveis, Rafael Duarte aponta alguns exemplos de uso bem sucedido da tecnologia blockchain. “O potencial disruptivo da tecnologia é tal, que até modelos de negócio tidos atualmente como virtuosos, podem vir a ser postos em causa. O uso de blockchain no empreendedorismo digital poderá contribuir para níveis de inovação e segurança nos negócios que tornarão obsoletos muitos dos processos tal como os conhecemos hoje em dia”.

Veja algumas das aplicações práticas da tecnologia blockchain destacadas por Rafael Duarte:

Serviços Financeiros

Os serviços financeiros serão certamente impactados pela tecnologia blockchain, existindo já inúmeras aplicações que prometem transformar a prestação destes serviços. O blockchain vai permitir liquidações mais rápidas, a custos menores, enquanto, simultaneamente, reduz o risco de fraude.

Imobiliárias

As imobiliárias são uma das indústrias onde a transformação pode ser maior, mercê dos contratos inteligentes, prova de titulares de ativos e prova de identidade que o blockchain promete.

Saúde

A saúde é também uma área muito promissora no uso de blockchain, permitindo criar soluções que irão revolucionar a forma como nos relacionamos com prestadores, mas também, devido ao fator confiança que irá permitir o combate aos medicamentos falsificados.

A promessa dos indivíduos controlarem os seus dados pessoais, poderá levar a que farmacêuticas, investigadores e outras organizações, tenham que pagar aos titulares dos dados que autorizem a sua utilização.

Varejo (retail)

Também as possibilidades de utilização da tecnologia blockchain no retalho são ilimitadas. Até mesmo a forma como os incentivos aos clientes são criados, recompensados e geridos pode ser reinventada. Com aa blockchain geram-se contratos inteligentes para reduzir drasticamente os custos de instalação e operação de um programa de fidelidade.

Indústria e produtos

Também a indústria pode adotar soluções blockchain, para inovar e aumentar a transparência, como uma solução para as cadeias de suprimentos de produtos. Para isso, todo o produto físico registrado terá um “passaporte” digital que comprova autenticidade (este produto é o que ele diz ser?) e origem (de onde vem esse produto?), criando um registro auditável da jornada de todos os produtos físicos.

Redes Sociais

Para melhorar o conteúdo na internet, combater a censura, ou proteger os direitos dos criadores de conteúdo, são muitas as razões para uso de blockchain nas redes sociais.

Continue lendo

Negócios

Licenciada em Curação, b2xbet se preocupa com aposta responsável do seu público

Publicado

em

As apostas online se tornaram uma das atividades que mais cresceram no Brasil e no mundo. De acordo com pesquisas, são cerca de 11,5% de aumento a cada ano, tendo somente em 2020, uma avaliação do mercado global de US$59,6 bilhões, com expectativa de um aumento de US$67,7 bilhões até 2027.

Em meio a esse mar de possibilidades do meio de apostas, existe a preocupação na segurança dos sites destinados a esses jogos, onde muitos deles podem acabar comprometendo os aparelhos. A verdade é que, muitos desses sites se preocupam em seguir sob a legislação, enquanto outros, não os fazem.

Um dos exemplos de sites que de fato seguem sob a orientação da lei, além de se preocupar com seus usuários, uma vez que, os incentivam a apostas responsáveis, sem comprometer o seu financeiro, é a b2xbet, casa de apostas esportivas há 5 anos no mercado. Licenciada em Curação, tem todas as licenças para operar no Brasil e em vários países do mundo, sendo um dos locais preferidos dos apostadores.

Com mais de 100 mil seguidores e centenas de visualizações em seus vídeos nas redes sociais, a empresa utiliza suas plataformas para dar dicas de esportes, cavalos, galgos e cassinos. A expectativa é que em breve a b2xbet traga grandes novidades com um novo lançamento que tem tudo para ser um sucesso entre o público.

  • Links para redes sociais

@b2xbet
www.b2xbet.com

Continue lendo
Propaganda

Destaque